domingo, 19 de setembro de 2010

Lista de Convidados





Essa é uma parte super importante do casamento, pois através dela nos baseamos quanto vamos gastar com o buffet.

Fiz minha lista e Silanio fez a dele, ou melhor ainda está fazendo. Minha mãe fez uma dos seus amigos, mas deixei bem claro que eu não queria os primos da minha avó e aquelas pessoas que nem sabem meu nome. Meu pai também ficou de me entregar a dele com seus amigos.

Fechei no Letícia Antunes para 250 convidados, só que até agora a minha lista, a da minha mãe e do pessoal da igreja (amigos em comum dos noivos), já chegou a 215.. (falta a do noivo e do pai da noiva), o que tem me deixado um pouco desesperada...

Ao conversar com amigos que já casaram, eles disseram que cerca de 15% dos convidados faltam, mesmo dando a total certa de que iriam. Isso me tranquilizou um pouco.

E já perdi as contas de quantos sorrisinhos amarelos dei ultimamente às pessoas que se convidam para ir ao meu casamento quando obviamente não serão convidadas... Super chato!

De tempos e tempos, dou uma atualizada na lista e quando faltar um mês, faço uma revisão geral e se for necessário, converso com o serviço de Buffet.

Encontrei no site Casamento Click, algumas dicas para diminuir a lista de convidados sem estresse:

Use a regra dos três
Divida sua lista de convidados em três partes. Um terço deve ser sua família, um terço a família do noivo e um terço para amigos dos dois lados. Se uma das partes estiver muito desproporcional... alguém terá de ceder.
Convide todos do trabalho, ou ninguém
Uma coisa é convidar aquela sua colega de trabalho que virou melhor amiga e ninguém mais. Outra coisa é fazer panelinha: convidar dez pessoas e deixar cinco de fora. Nesse caso, se não der pra convidar todo mundo, exclua todos da lista de convidados e marquem um jantar bem informal (na sua casa, em um barzinho, pizzaria...) para você mostrar que se importa com eles e quer comemorar este momento ao lado de cada um.
Faça uma festa sem crianças
Normalmente, crianças pagam menos do que um adulto. Mas dependendo da quantidade, elas podem pesar no bolso e fazer volume na lista de convidados. Dificilmente crianças curtem uma festa à noite, principalmente as muito pequenas. Mandar um convite de casamento só para os adultos já está bom. 
Não se sinta na obrigação
Você e seu noivo certamente estão fazendo o melhor que podem e não têm intenção de ofender ninguém, óbvio. E não vão ofender! Não é porque aquele seu colega convidou vocês para o casamento dele, que você terá de convidá-lo também. Parece estranho, mas é assim que funciona. Cada um trabalha dentro de suas possibilidades. 
Não vê há anos? Deixe de fora
Sim, e não se sinta a pessoa mais cruel da face da Terra. Você verá que muitas vezes, a única solução para não extrapolar a verba do orçamento será abrir mão de algumas coisas. E amigos distantes podem entrar na lista das “algumas coisas”. Claro que isso não vale para parentes. Certas pessoas da família, ainda que você não tenha um relacionamento próximo, devem ser convidadas. 
Converse antes de excluir alguém
Se você pretende cortar de sua lista de convidados aquele colega de trabalho de seu pai, informe sua intenção com antecedência, para não criar constrangimento de nenhum dos lados. E siga a regra de ouro: até montar sua lista de convidados definitiva (isso significa: quando os convites de casamento forem para a gráfica), o mais seguro é não falar que alguém está convidado, a não ser que haja muita certeza. 
Cuidado ao escrever o convite de casamento
Se você coloca no convite de casamento o nome do “chefe da casa” com o complemento “e família”, significa que está convidando todos que moram lá. Se o casal tem cinco filhos, significa que eles poderão aparecer na sua festa com os cinco filhos... Se quer evitar essa situação, coloque apenas o nome do casal ou da pessoa que será convidada. 
Direitos iguais, mas sem briga
Imagine a situação: a família do noivo é maior que a família da noiva. E o casal decide cortar alguns nomes de amigos da lista de convidados. Por ter a família maior, o noivo é quem deve levar menos amigos? Não é bem assim. Há de ter uma compreensão dos dois lados. Não é correto o noivo ter de abrir mão de uma pessoa querida, enquanto a noiva irá levar várias colegas que nem tanta proximidade só porque tem “crédito”. Não se trata de quem vai sair ganhando ou perdendo, e sim de como os dois podem lidar com a situação. 



5 comentários:

  1. Ox! Q nd!
    Passa a tesoura sem dó. Ngm vai pagar as contas da festa msm, mt menos a lua-de-mel e o apt. Hahahaha!
    Beeeijo

    ResponderExcluir
  2. Nem me fale de lista de convidados... até hoje é uma dor de cabeça... acho que até passar vai ser. Tb fiz um post sobre isso, mas ainda está no meu blog pessoal. Vou colocar no blog sobre o casamento e inserir mais umas dicas suas!!Tá bom? Bjinhusss

    ResponderExcluir
  3. Jully mudei o lay e o nome denovo (espero definitivamente). Dá uma passadinha por lá! Bjuss

    ResponderExcluir
  4. Oi flor !!!
    Achei super interesante este post. Todos os noivos têm essa difucldade, daí surge a família (mãe e pai adoram chamr um amigo que é só amigo dele né ?)... no meu caso convidei todo mundo que meus pais, sogros e noivos queriam, só q minha sogra pagou seus 50 convidadados a mais q ela chamou !!! Não me arrependo pois convidei 260 pessoas e só foram 190... tinha pago 200 senhas ! Ou seja... sempre falta gente, pode ficar tranquila qt a issso!!!

    :) boa sorte aí e continue atualizando o blogger mulher, em novembro teremos um encontro!! bjos

    ResponderExcluir
  5. Opaaaaaa!!
    Ainda bem que já sei que meu convite tá guardado!! Hehehehe...
    Vou passar sempre por aqui!!

    Bjooo!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...